Motivos pelos quais você nunca deveria ir ao JAPÃO!


Oi  pessoal,

O título desse post é um tanto quanto pesado, mas  vocês vão entender o porquê eu estou dizendo isso.

O Japão nunca esteve no topo da minha lista de viagens (como eu era trouxa), mas um belo dia surgiu uma oportunidade e acabei me intrometendo na viagem de uma amiga e fui.

Quando voltei listei alguns motivos pelos quais as pessoas nunca deveriam ir ao Japão! Só que não…

É muito organizado:

O Japão é um país da Ásia oriental, localizado no Oceano Pacifico, composto por 6.852 ilhas com 128 milhões de habitantes. A capital é Tóquio, que com seus 37 milhões de habitantes é a maior área metropolitana do mundo.

E com tudo isso consegue ser o local mais organizado em que já estive.

A maioria das pessoas anda com o celular na mão e até mesmo no cruzamento mais populoso do mundo ninguém esbarra em você (Shibuya).

shimbia.jpg

Shimbuya

Sem falar na pontualidade, tudo funciona, mas o destaque principal fica com o transporte público, que funciona tão bem, que apenas 10% da população usa automóveis.

moments_77BC8796-4ECE-4EC0-899A-C652352572DA_hi_res (2).jpg

É um mergulho na História:

Visitar o Japão é mergulhar na história.

Segundos japoneses, o Japão é o país mais antigo do mundo, fundado em 600 a. C.

Entretanto, somente no século XVII, foi que a cultura japonesa e o Budismo se espalharam em torno das ilhas, fazendo com que no século seguinte, o Japão fosse reconhecido como um país.

Ao visitar o Japão, você consegue ter contato com alguns lugares e marcos históricos “pouco” importantes (só que não de novo…), como:

Hiroshima – Cúpula da Bomba Atômica

Cúpula - Hiroshima.jpg

O Ōsaka-jō é um castelo situado em Chūō-ku Osaka – tendo desempenhado um importante papel nas lutas de unificação durante o período Azuchi-Momoyama.

Castelo Osaka.jpg

Templo Horyuji (Nara) – Considerada a construção em madeira mais antiga do mundo, com 1.300 anos de idade.

Templo de madeira

Templo Meiji – O Santuário Meiji localiza-se em uma floresta que cobre uma área de 700 mil metros quadrados, localizada no centro de Tóquio e abriga mais de 120 mil árvores de 365 espécies, doadas por pessoas de todas as partes do Japão – (SIM… tem uma floresta GIGANTE no meio de Tóquio).

20160901_112628.jpg

Templo Meiji

Nessa plaquinhas as pessoas escrevem seus desejos para que os monges rezem mais tarde

Arquitetura de Tóquio: Em 1923, metade de Tóquio foi destruída por um terremoto com a magnitude de 7,9 graus na escala Richter. Após isso, os japoneses modificaram as técnicas de construção e a transformaram na “cidade do futuro”

Arquitetura

Cervejaria Asahi + Tókyo SkyTree

Arquitetura (2)

Godzila

Shinjuku

Tokyo Tower

Tokyo Skytree

É o país do sushi e do chá verde:

“Ah…não vou para o Japão porque não gosto de sushi…”

A culinária do Japão é incrível…Eu aposto que vocês nunca comeram um sashimi! Depois que provei um eu tive essa certeza. E isso está relacionado à qualidade do produto, os peixes são muito frescos.

O Japão tem o maior mercado de peixes do mundo “Mercado de Peixes Tsukiji”, localizado em Tóquio. Para mim foi a melhor experiência gastronômica da vida.

Também fui conferir se o famoso “atum gigante” era tudo isso mesmo. Era tudo isso e muito mais…

Mas o Japão não é só peixe. Já ouviu falar no Kobe beef? Pois é, essa carne leva esse nome porque o gado é criado na cidade japonesa de Kobe. É considerado uma iguaria ($$$$), mas vale a pela provar (sou super carnívora).

 

No mais, há vários lugares de preços justos e com muita variedade. Os japoneses tem o hábito de comer muita comida saudável (deve ser por isso que é bem difícil encontrar japonês fora do peso).

Você sabia que o Japão se tornou uma espécie de “Escócia do Oriente”, pois é, o Japão está se destacando na produção de Whisky.

Por ser quarto maior produtor de cevada e segundo maior comprador de malte, eles têm testado o potencial do grão na produção da bebida e vem fazendo muito sucesso.

Mais um motivo para você nunca visitar o JAPÃO. (eu amo whisky).

As pessoas são muito educadas:

Os japoneses tem um senso de convivência muito apurado. Geralmente são pessoas felizes e educadas. Estar no país deles é como estar em casa.

Simpatia das pessoas.jpg

Precisamos pedir informação sobre como chegar num determinado local, a pessoa se esforçou para falar em inglês, quando percebeu que não conseguiria, saiu de sua rota para nos levar ate a saída do metro indicando o lugar que tínhamos que ir. (achei fofo)

Outro fato que me marcou e que as pessoas não conversam no metro e ainda fazem fila para entrar. Descobri que existe um manual de etiqueta para utilização dos transportes públicos, há pôsteres por todas as estações  pedindo aos passageiros para seguirem algumas regras de etiqueta e boas maneiras para não incomodar o coleguinha do lado…

Outro motivo para você não visitar, afinal… legal mesmo é alguém enfiar a mochila na sua cara e soltar um pancadão sem fones de ouvido, não é?

É um país de Contrastes:

Te faz sair do padrão. É autêntico, tecnológico, diferente, um local com identidade própria.

De repente você está num centro tecnológico, um bairro cheio de arranha-céus iluminados, avenidas enormes  e virando a esquina você está naquele Japão antigo, de casas pequenas e ruas estreitas.

Se estiver em Kyoto então… a própria prefeitura estimula que as pessoas utilizem as roupas tradicionais, concedendo desconto e até isenção de entrada em alguns templos.

 

Gueixa.jpg

Até eu entrei na onda!!!

E por fim:

Ele abriga o monte Fuji ou Fujisan

O monte Fuji é a mais alta montanha da ilha de Honshu. É um vulcão ativo, porém de baixo risco de erupção. E o nascer do sol de la de cima é magnifico.

Se você for para a terra do sol nascente no Verão,  terá a oportunidade  ( única e insana) de subir o monte Fuji…e ao final da trilha você irá entender a expressão:  Terra do sol nascente.  Quer ver?

 

 Bom…estão ai os motivos para você não visitar o JAPÃO, pois ele merece mais que isso!

O JAPÃO  merece um mergulho de corpo e alma na sua cultura, na história, na religião e na culinária.

Merece um intercâmbio com seu povo (mesmo com a dificuldade da lingua), para que eles te ensinem conceitos de disciplina (as crianças aprendem a lavar banheiros na escola), cidadania e respeito ao próximo (como se comportar no metro é um exemplo).

Por isso, se for até lá, não o visite apenas dedique-se a desbrava-lo e ele te recompensará.

Categorias:ÁSIA, Japão, UtilidadesTags:, , , , , , , , , ,

7 comentários

  1. Que demais !!!! Adorei … Da vontade de ir pra la, tudo parece ser incrível!!!

    Curtir

  2. que lindo ❤ a que vc tá de chinelo merecia um destaque maior, hein? haha

    Curtir

  3. Ta ai… Japão nunca esteve na.minha lista de desejos.. não é q agora to pensando? Bjao e obrigada compartilhar essas lindas experiências

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: